SLATES, técnicas da Web 2.0 em sites empresariais

O marketing e a publicidade on-line mudaram bastante com o surgimento da Web 2.0. As empresas já não podem simplesmente comunicar, mas devem também aprender a interagir. A publicidade deixou de ser uma via unidireccional, onde a empresa emite uma mensagem que o consumidor recebe. A Internet é feita de pessoas, a publicidade deve agora basear-se no relacionamento entre a empresa e as pessoas, que devem ser encaradas como potenciais clientes.

Andrew McAfee definiu 6 características através do acrónimo SLATES (Search; Links; Authoring; Tags; Extensions; Signals) que podem potenciar empresas neste paradigma da Web 2.0.

  • Procura (Search): Deve ser possível aos utilizadores pesquisarem informação através de um motor de pesquisa presente no próprio site, sendo essa pesquisa o mais inteligente possível. Por outro lado os sites criados devem estar optimizados para os diversos motores de busca (Google, Bing, Yahoo) fazendo uso de técnicas de SEO.
  • Links: Promover uma ligação de informação inteligente e intuitiva, com poucas barreiras a um nível social. Como a utilização de links em locais estratégicos, como no fundo de todas as páginas. Também procurando colocar links em locais estratégicos na Internet, como por exemplo em sites de empresas parceiras.
  • Dar a voz às pessoas (Authoring): Deve ser estimulada a participação activa por parte dos visitantes dos sites, nomeadamente encorajando e fornecendo a possibilidade de comentarem os artigos publicados. Criando canais de comunicação como o Twitter ou o Facebook também facilitam a uma maior aproximação aos potenciais clientes acabando por encorajar à sua maior participação para com a empresa.
  • Tags: Deve ser feita uma categorização de conteúdos através de tags, de forma a facilitar a pesquisa desses conteúdos pelas pessoas e facilitar a percepção dos assuntos que a empresa trata.
  • Extensões (Extensions): Recorrer a tecnologias mais dinâmicas e avançadas, tornando os diferentes sites mais modernos. Um exemplo será numa loja on-line informar o utilizador de que quem comprou um determinado produto X também adquiriu os produtos Y e Z. Ou criar mecanismos que informem os utilizadores dos produtos mais adequados para eles.
  • Enviar sinais (Signals): Usar tecnologias de sindicação (feeds) que permitam aos utilizadores receberem notificações de novos conteúdos. Outra hipótese é a criação de uma newsletter periódica.

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/SLATES